Empresa - WHY Válvulas

Ir para o conteúdo

Menu principal:

EMPRESA

A WHY Válvulas esta a 10 anos presente no mercado, atua nos segmentos de manutenção, por isso, oferece serviços de Manutenção Preditiva, Preventiva e Corretiva em formas de contratos anuais, como em paradas periódicas e nas necessidades imediatas de nossos clientes.
ESTRUTURA
A WHY Válvulas é uma empresa especializada em manutenção industrial de válvulas industriais. A empresa conta com uma ampla oficina e profissional qualificado.
Nossa história tem como base dedicação, qualidade, credibilidade e pontualidade que para nós é um dos fatores que mais conta na hora de vender e comprar, priorizando sempre este item para atender as necessidades de nossos clientes.


FUNÇÕES DA VÁLVULA DE CONTROLE
As funções da válvula de controle são:
1. Conter o fluido do processo, suportando todos os rigores das condições de operação. Como o fluido do processo passa dentro da válvula, ela deve ter características mecânicas e químicas para resistir à pressão, temperatura, corrosão, erosão, sujeira e contaminantes do fluido.
2. Responder ao sinal de atuação do controlador. O sinal padrão é aplicado ao atuador da válvula, que o converte em uma força, que movimenta a haste, em cuja extremidade inferior está o obturador, que varia a área de passagem do fluido pela válvula.
3. Variar a área de passagem do fluido manipulado. A válvula de controle manipula a vazão do meio de controle, pela alteração de sua abertura.
4. Absorver a queda variável da pressão da linha. Em todo o processo, a válvula é o único equipamento que pode fornecer ou absorver queda de pressão controlável. Depois de instalada na tubulação e para poder desempenhar todas as funções requeridas a válvula de controle deve ter corpo, atuador e castelo. Adicionalmente, ela pode ter acessórios opcionais que facilitam e otimizam o seu desempenho, como posicionador, booster, chaves, volantes, transdutores corrente elétrica para ar pneumático e relé de inversão.
Corpo
Conceito
O corpo da válvula de controle é essencialmente um vaso de pressão, com uma ou duas sedes, onde se assenta o plug (obturador), que está na extremidade da haste, que é acionada pelo atuador pneumático. A posição relativa entre o obturador e a sede, modulada pelo sinal que vem do controlador, determina o valor da vazão do fluido que passa pelo corpo da válvula, variando a queda de pressão através da válvula. No corpo estão incluídos a sede, obturador, haste, guia da haste, engaxetamento e selagem de vedação. O conjunto haste-plugsede
é chamado de trim.

Clique aqui para editar o texto predefinido!

 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal